sexta-feira, 30 de abril de 2010

Verde pra colher maduro

Começou a campanha para as eleições de outubro e fiz uns versos pueris sobre a mudança acalorada que quero, hehe:

A minha mutante sina
Se redesenha em chamas;
Tanto sou fã de Marina,
Como bem gosto de Obama!

Aqui uma conversa entre dois evangélicos pentecostais progressistas (eles existem!):

Entrevista com a Senadora Marina Silva from Caminho da Graça | blog on Vimeo.

sábado, 24 de abril de 2010

Mutante

Do fundo do baú vêm este vídeo e a fossa remexida feito bloco de memórias empoeirado que se vai despedaçando.



MUTANTE
(Rita Lee)

Juro que não vai doer
Se um dia eu roubar
O seu anel de brilhantes
Afinal de contas dei meu coração
E você pôs na estante
Como um troféu
No meio da bugiganga
Você me deixou de tanga
Ai de mim que sou romântica!

Kiss baby, kiss me baby, kiss me
Pena que você não me kiss
Não me suicidei por um triz
Ai de mim que sou assim!

Quando eu me sinto um pouco rejeitada
Me dá um nó na garganta
Choro até secar a alma de toda mágoa
Depois eu passo pra outra
Como mutante
No fundo sempre sozinho
Seguindo o meu caminho
Ai de mim que sou romântica!

Kiss baby, kiss me baby, kiss me
Pena que você não me kiss
Não me suicidei por um triz
Ai de mim que sou assim!

terça-feira, 20 de abril de 2010

All I really want is love

Tudo se eterniza
Em paz e branda quimera
Naquela suave divisa
Onde a ingênua ternura impera
(F. B.)



ALL I REALLY WANT IS LOVE
(Henri Salvador and Lisa Ekdahl)

I've looked all around this
Big old world and found that
All I really want is love

Nothing can compare
This world I've had my share of
All I really want is love

In this life of chasing dreams
Such strife in seeking schemes
Designed for happiness

Now I've finally realized
Deep underneath my lies
All I really want is love

I've had twice my share
From fortune to despair now
All I really want is love

Nothing satisfies this
World won't compromise me
All I really want is love

In this life of chasing dreams
Such strife in seeking schemes
Designed for happiness

L'amour, la lumière de nos jours
Que voici de retour
Pour me faire voir tout en rose